Worx coloca multinacional no edifício Monsanto

Por a 25 de Novembro de 2020


A Worx concretizou a maior operação de arrendamento de 2019/20 na zona 6 (Eixo da A5 até Porto Salvo e Alfragide) com a colocação de uma multinacional de comércio e retalho no Edifício Monsanto.

Esta é a segunda maior colocação desde 2010 na zona 6, com aproximadamente 6 800 m². O edifício conta com cinco pisos e os pisos superiores têm vistas desafogadas para o Rio Tejo. Possui dois pisos em cave para estacionamentos com 135 lugares e 81 lugares no exterior. Está localizado em Carnaxide e usufrui de bons acessos à A5, IC19 e CRIL.

Este edifício pertence ao portefólio de imóveis geridos pela GNB Real Estate, sociedade gestora de organismos de investimento colectivo, e é considerado uma das referências do mercado, numa altura em que a escassez de oferta é nítida na capital, estando a maioria localizada no Corredor Oeste (eixo A5 Lisboa-Cascais), a zona mais activa para instalar empresas. O potencial deste conjunto de edifícios acompanha o dinamismo do mercado, sendo possível satisfazer as necessidades de uma grande variedade de empresas. Para além disto, o Grupo está disponível para investir nos imóveis, o que se revela ser uma mais valia.

Acerca desta colocação, Clara Silva, directora coordenadora do Departamento de Activos Estratégicos da GNB Real Estate, refere que “a instalação e remodelação do Edifício Monsanto à imagem corporativa foi um processo desafiante, mas que demonstra a capacidade da equipa na criação e implementação de soluções personalizadas às necessidades dos seus clientes. Esta operação vem consolidar a estratégia que tem vindo a ser prosseguida nos últimos dois pela GNB Real Estate relativamente ao portfólio imobiliário sob gestão, nomeadamente a melhoria dos contratos de arrendamentos em vigor e das taxas de ocupação dos imóveis de rendimento.”

Sobre o imóvel, Pedro Salema Garção, head of Agency da Worx, afirma que a empresa de distribuição de produtos de consumo “procurava há algum tempo por novas instalações e este activo em particular, pelas suas características, reúne e satisfaz plenamente as necessidades da empresa”, sublinhado que “a zona 6 – Corredor Oeste – é uma zona atractiva que, por ter a vacancy rate mais elevada da Grande Lisboa, pode responder às necessidades específicas de empresas desta dimensão”. Este é um co exclusivo com a JLL.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *