Remoção de solo contaminado nos Açores vai custar um milhão de euros

Por a 30 de Março de 2020

Está em curso o concurso público para a remoção de terras contaminadas em 2016, por um derrame de combustível, no pipeline do Cabrito, na ilha Terceira, nos Açores. O despacho foi assinado no final da semana passada pelo Ministro da Defesa Nacional, João Gomes Cravinho. Neste despacho é também autorizada a despesa para a respectiva empreitada num valor estimado de 1 milhão e 59 mil euros, repartidos entre 2020 e 2021.

PUB

A abertura deste concurso vai permitir resolver um processo que tem vindo a ser acompanhado atentamente pelo Ministério da Defesa Nacional e pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, em estreito diálogo com as autoridades locais e regionais. O local tem sido objecto de monitorização técnica permanente, permitindo assegurar à população a inexistência de riscos para a saúde pública. O Governo fez saber que este acompanhamento manter-se-á até à conclusão dos trabalhos.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *