Investimento imobiliário na Europa aumenta 4% no 1º semestre de 2005

Por a 2 de Setembro de 2005

Prédios

O investimento directo em imobiliário na Europa, durante o primeiro semestre de 2005, aumentou cerca de 4 por cento face ao mesmo período do ano anterior, revela um estudo realizado pela Jones Lang LaSalle.

Os dados indicam que nos primeiros seis meses do ano corrente, o volume de investimento imobiliário na Europa subiu para os 47, 9 biliões de euros.

Segundo a consultora imobiliária, o mercado de investimento imobiliário vai continuar a crescer até ao final do ano, prevendo que o volume anual de investimento directo em imobiliário na Europa venha a ascender aos 105 biliões de euros, o que será um valor recorde.

Este valor representará um aumento de 9,8 por cento em relação aos 95,6 biliões de euros transaccionados pelo mercado europeu em 2004.

Face ao período analisado, os escritórios foram, uma vez mais, a classe dominante na captação de investimento imobiliário (cerca de 44 por cento do total movimentado pelo mercado), embora tenham vindo a perder cota para o segmento de retalho que, no período em questão, aumentou o seu peso de 26 para 30 por cento do total do mercado europeu.

Para além disso, o estudo aponta ainda que «o imobiliário comercial e de serviços continuará a oferecer retornos anuais de 8 a 10 por cento a médio prazo, baseado num mercado de arrendamento em evolução e numa maior compressão dos yields».

PUB