Mexto investe 30 M€ em novo empreendimento nos Olivais

Por a 15 de Setembro de 2020


A Mexto, empresa de investimento imobiliário especializada no segmento de luxo, iniciou a pré-venda exclusiva do novo projecto residencial nos Olivais, em Lisboa.  O O’Living, que contabiliza um investimento na ordem dos 30 milhões de euros, aguarda ainda formalização de aceitação da comunicação prévia por parte da Câmara Municipal de Lisboa, estimando-se que a obra possa arrancar ainda este ano, com duração estimada de cerca de dois anos.

Os 86 apartamentos representam um investimento de mais de 30 milhões de euros e foram totalmente concebidos para dar resposta à crescente procura interna, em grande partem de famílias portuguesas ou compradores nacionais, variando entre as tipologias T1 e T3 duplex, com dimensões entre os 64m2  e os 175m2 .

Com uma área total de construção de 18 200m2, dos quais 12 300m2 acima do solo e 5 900 m2 abaixo do solo, o espaço de construção superior divide-se em 11 370 m2 para habitação e 930 m2 para comércio.

Localizado na Rua Carlos George, nos Olivais, o novo projecto da Mexto prima pela qualidade de vida na parte oriental da Cidade. Assinado pelo atelier Saraiva e Associados, o O’Living “caracteriza-se pela sua arquitectura inteligente, pela optimização de áreas, sem espaços mortos ou zonas de circulação extensas e pelas amplas janelas em ambas as fachadas, permitindo o máximo usufruto de luz natural. As tipologias T2 apresentam variações de layout, possibilitando uma maior flexibilidade na oferta, algo que também se manifesta pela disponibilidade de personalização de cores das cozinhas, divisão esta que será sempre independente em qualquer uma das tipologias”.

A par da arquitectura, o O’Living destaca-se pela sua localização. Situado na zona oriente da cidade, a poucos passos do Parque das Nações, permite acessibilidades rápidas tanto para norte, pela A1, como para sul, pela Ponte Vasco da Gama. O empreendimento situar-se-à muito próximo do aeroporto, do metro e da Gare do Oriente, beneficiando da oferta existente de comércio de rua, centros comerciais, boas escolas publicas e privadas, parques e equipamentos de lazer nas zonas envolventes.

As garagens do empreendimento tem espaço para 128 veículos e um ‘bicicletário’, sendo que o loteamento prevê ainda a criação de um total de 188 lugares de estacionamento público para residentes, nas imediações dos edifícios. Os apartamentos T1 e T2 têm um lugar de estacionamento e os T3 e T3 duplex têm direito a dois lugares na garagem.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *