Peru: Mota-Engil vai assegurar construção do Porto de Callao

Por a 30 de Abril de 2021

A Mota-Engil fechou mais um contrato na América do Sul. À construtora portuguesa foi entregue um contrato no Peru para a construção do Porto de Callao, no valor de cerca 200 milhões de dólares (aproximadamente 165,4 milhões de euros à taxa de câmbio actual).

“A Mota-Engil informa sobre a adjudicação, à sua subsidiária Mota-Engil Peru, de um novo contrato por parte da DPWorld, uma importante empresa de logística mundial a operar no Peru, num montante de cerca de 200 milhões de dólares norte americanos”, diz a construtora liderada por Gonçalo Moura Martins em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Em causa está a construção da Fase 2B do Porto de Callao, no Peru, cuja obra terá inicio imediato. Este projeto vai durar dois anos e nove meses (33 meses).

Com esta adjudicação, a construtora portuguesa “reforça significativamente a sua carteira de encomendas com clientes privados multinacionais e potencia a recuperação do volume de negócios do grupo numa região especialmente afectada pela actual crise pandémica”, assinala a nota de imprensa.


Um comentário

  1. Pingback: Peru: Mota-Engil vai assegurar construção do porto de Callao | Casa da América Latina

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *