Porto: Obras no Campo do Outeiro com “luz verde” do TdC

Por a 8 de Abril de 2021

O Tribunal de Contas já concedeu o visto prévio para a adjudicação, habilitação e submissão da empreitada do futuro Campo Municipal do Outeiro. Para o novo equipamento desportivo da cidade, localizado em Paranhos, a Câmara do Porto investe cerca de 3,1 milhões de euros.

A boa nova chegou nesta terça-feira, por carta, à empresa municipal de Gestão e Obras do Porto – GO Porto, que fica responsável por transformar o velhinho campo do Sporting Clube da Cruz num moderno complexo desportivo dotado de excelentes condições para a prática das mais diversas modalidades.

Aberto a toda a cidade, o Campo Municipal do Outeiro irá não só acolher o histórico clube como todos os outros pequenos clubes e colectividades do Porto que ali pretendam treinar.

Um desfecho aguardado, que faz valer a pena as pedras encontradas no caminho. Recorde-se que a Câmara do Porto agarrou no projecto, depois de o próprio Sporting Clube da Cruz ter manifestado esse interesse, uma vez que não tinha recursos financeiros para realizar as obras que eram fundamentais para a continuidade da prática desportiva no espaço.

No entanto, esse envolvimento implicou que o município tivesse de encetar um conjunto de aquisições de parcelas de terreno adjacentes, necessárias à construção do novo equipamento desportivo municipal. Um processo nem sempre fácil, dado que envolveu a negociação com inúmeros proprietários privados.

Estando agora autorizada a obra pelo Tribunal de Contas, o município já pode dar o pontapé de saída para a construção, sendo o prazo de conclusão da empreitada de 18 meses.

O Campo Municipal do Outeiro enquadra-se na estratégia municipal de ampliação do parque desportivo da cidade, orçada em cerca de 10,5 milhões de euros.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *