Tecnoplano investe no aumento da capacidade de resposta no sector industrial

Por a 5 de Março de 2021


No ano de 2020, em que o objectivo foi sobreviver em mercados extremamente receosos, a Tecnoplano aproveitou para se antecipar à retoma, redefinindo o seu posicionamento pós-pandemia nos diversos sectores e mercados onde opera. Um dos pilares do Grupo e foco da presente intervenção foi precisamente a melhoria do leque de serviços para o sector industrial.

O departamento de Estudos e Projectos da empresa tem vindo a desenvolver inúmeros contratos neste sector, quer a nível de projecto, Project Management ou Fiscalização e, neste sentido, a Tecnoplano acredita que este “é o momento certo para autonomizar este sector, com a criação de um novo departamento independente e dedicado: o Departamento de Consultadoria e Projeto Industrial”.

Localizado perto de zonas industriais de “referência na cidade do Porto”, este novo departamento é uma das apostas estratégicas do Grupo para “reforçar a nossa presença junto do sector industrial e garantir a sua evolução”. Segundo Pedro Matos de Pinho, administrador executivo da Tecnoplano, “é, através da sua expansão e modernização, que queremos dar resposta ao novo contexto e aos desafios que acarreta, sendo esta motivada também pelo crescimento exponencial desta área nos últimos anos e do investimento que tem de ser feito neste momento para cumprir as metas sustentáveis.”

Foi feito um investimento significativo no final do ano passado na contratação de novos colaboradores em diversas especialidades de processos industriais, bem como na capacitação dos mesmos com os mais avançados softwares de projecto industrial, vitais para uma resposta moderna aos actuais desafios.

Este departamento torna-se assim autónomo e totalmente dedicado ao sector, liderado por Manuel Santos Ferreira, engenheiro mecânico com 35 anos de experiência na liderança de equipas de concepção e optimização de processos Industriais. Para dar resposta à crescente exigência imposta pelas metas da Neutralidade Carbónica, Santos Ferreira será apoiado pelos departamentos da Sistemas de Energia e Construções & Infraestruturas, liderados por Rui Padilha e Susana Oliveira, respectivamente.

Modernizar para cumprir objetivos

No seguimento dos objectivos traçados na estratégia de longo prazo para a Neutralidade Carbónica da Economia Portuguesa em 2050, definiu-se para a indústria uma redução em emissões de aproximadamente 50% em 2030 e 70% em 2050. Estes objectivos são ambiciosos e só serão atingidos com uma forte modernização do Parque Industrial Português.

O sector da indústria portuguesa é constituído por um vasto leque de actividades e processos, incluindo sectores como a indústria Oil & Gas (Refinarias Petroquímicas, Armazenagem, Terminais Logísticos, Distribuição, Pipelines), indústria química, pasta e papel, produção de energia (Power Plants: Centrais a Biomassa ou Gás Natural, Centrais de Cogeração de Energia, Centrais de Trigeração de Energia), mineira, cimento, siderúrgica, vidro, cerâmica, farmacêutica, alimentar, automóvel (veículos e componentes),  semi-condutores, entre outros.

As suas emissões derivam do consumo de combustíveis fósseis e, em alguns sectores, de emissões dos processos químicos envolvidos. As emissões na indústria em 2015 representaram cerca de 19% das emissões nacionais, das quais 62% associadas à queima de combustíveis fósseis e 38% a emissões de processo. Este é um sector particularmente regulado, na medida em que está abrangido pelo Comércio Europeu de Licenças de Emissão (CELE), o principal instrumento de descarbonização deste sector, que se aplica a 74% das emissões da indústria.

Perante os desafios e exigências do sector industrial, a Tecnoplano garante uma experiência comprovada nas suas principais indústrias e desenvolve um largo espectro de actividades de consultoria, projecto, supervisão da construção e da montagem, através de uma equipa multidisciplinar, experiente e orientada pela inovação e necessidades do cliente.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *