Tétris fecha 2020 com volume de negócios de 50M€

Por a 5 de Fevereiro de 2021

A Tétris Portugal faz um balanço positivo da actividade em 2020, tendo registado uma facturação de €50 milhões, um recorde
absoluto para a empresa de arquitectura e construção do grupo JLL.

Em comunicado, a empresa revela que esteve envolvida em cerca de 110 obras ao longo do ano passado, trabalhando a uma média de 20 obras em simultâneo por semana, de diferentes dimensões e segmentos imobiliários. Isto não obstante os enormes desafios aportados pela pandemia e todas as adaptações necessárias aos procedimentos, em especial a necessidade de garantir a segurança de todos os seus colaboradores e parceiros em obra.

A empresa continuou o seu trajecto de liderança nas áreas de retalho e de escritórios, reforçando o seu portfólio de obra com vários projectos de referência. No retalho, a Tétris participou em projectos para marcas de luxo como a Gucci, Dolce & Gabanna ou Golden Goose, mas também nas áreas da restauração, livraria, moda, decoração, cosmética e cabeleireiros. No campo dos escritórios, em 2020 a
equipa da Tétris esteve envolvida em grandes projectos como as novas instalações da Natixis e Concentrix no Porto, Oracle e Crédit Agricole em Lisboa. Em Lisboa, a equipa trabalhou também para vários promotores e investidores imobiliários, transformando e adaptando vários edifícios na avenida José Malhoa, rua Castilho e avenida Casal Ribeiro, preparando-os para futuras utilizações.

Nos serviços, onde tem uma presença transversal em praticamente todas as áreas, a Tétris concebeu e/ou executou também vários projectos no setor da saúde e bem-estar, nomeadamente de várias clínicas, além de assinar, pela primeira vez, a arquitectura integral com projecto chave-na-mão de um ginásio. A Tétris reforçou também a sua aposta na área de hospitality, na qual pretende posicionar-se como líder
de mercado. A empresa continuou a conquistar negócio neste segmento, com a execução e a conclusão de vários projectos em unidades de referência como Hotel Quinta da Marinha, Sofitel Lisboa, o Hotel Monte Real ou o Hotel Valverde. O ano foi ainda marcado pelo lançamento do departamento de Furniture Solutions, uma nova área dedicada ao mobiliário e soluções decorativas para os sectores de escritórios, retalho e hospitality. Esta área tem já alguns projectos em carteira, incluindo os escritórios do Regus, no Porto, e a nova sede da JLL/Tétris em Lisboa.


Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *