Alcobaça com investimento histórico em Multiusos e Zona Industrial

Por a 29 de Outubro de 2020

A Câmara de Alcobaça tem em marcha dois importantes investimentos, avaliados em 12 milhões de euros, intervenções consideradas estruturantes e que devem arrancar ainda durante este ano. Falamos do futuro Pavilhão Multiusos de Alcobaça (que irá requalificar o complexo do MercoAlcobaça) e a construção da Área de Localização Empresarial da Benedita (ALEB).

PUB

“São dois projectos seminais, estruturantes, devidamente cofinanciados por fundos comunitários e que integram uma ampla estratégia de regeneração urbana e de valorização do património histórico que estamos a implementar no concelho de Alcobaça”, assegura o presidente da Câmara de Alcobaça, Paulo Inácio, que recorda outros projectos de grande dimensão, em curso ou já concluídos, nomeadamente a requalificação da zona envolvente do Tribunal de Alcobaça e das principais avenidas urbanas do concelho (Avenida Prof. Eng. Joaquim Vieira Natividade, em Alcobaça e Avenida Rainha Santa Isabel, Pataias), o Parque Verde da Cidade de Alcobaça, a USF da Benedita, os Centros Escolares de Cela e Turquel, a elevação do Mosteiro de Coz a Monumento Nacional, a requalificação de várias vias rodoviárias do concelho, o saneamento de Vale de Maceira, entre muitos outros”. “Com este manancial de obra, estamos a promover um verdadeiro upgrade a vários níveis em todo território”, frisa o autarca.

“Novo” Multiusos
Com um orçamento de 4,5 milhões de euros, o Pavilhão Multiusos na cidade de Alcobaça surge como resposta a duas intenções dis­tintas: a requalificação do MercoAlcobaça e a dotação de um espaço multifuncional que permita a realização de espectáculos, congressos, encontros, conferências, jogos, feiras e exposições, apresentações comerciais, entre outras iniciativas. Com uma localização privilegiada junto à entrada norte da cidade, ocupando uma área total de aproximadamente 3ha e com 5000m² de área coberta, o MercoAlcobaça é actualmente o es­paço onde se realiza anualmente a Feira de São Bernardo. O projecto visa renovar todo o edifício melhorando as suas condi­ções de conforto e de isolamento térmico e acústico e conferin­do-lhe uma nova imagem, mais contemporânea e nobre. Para a polivalência e versatilidade do espaço, serão instaladas bancadas amovíveis, libertando área para a realização de feiras, exposições ou espectáculos. Com as bancadas abertas a nave poderá albergar até 2226 lugares sentados, correspondendo a 472 lugares na bancada nascente, 478 na bancada poente e 1276 lugares na plateia, neste número já estão incluídos 16 lugares reservados para pessoas em cadeira de rodas. Com as bancadas recolhidas, a área livre aumentará permitindo a realização de exposições e concertos ou outros eventos com os lugares em pé. Neste caso o número de espectadores poderá ascender aos 5400.

Espaço industrial
Já a ALEB é uma das mais antigas revindicações da Benedita, freguesia de perfil industrial e empreendedor onde estão instaladas várias empresas de craveira nacional e internacional, que dão cartas em diversos sectores como a cutelaria, o calçado, a marroquinaria, a extracção da pedra, entre muitos outros. A ordenação do tecido industrial da freguesia é, pois, um desejo de décadas por parte dos empresários que agora será consolidada naquela que será a maior obra de sempre da Câmara Municipal de Alcobaça: 7,5 milhões de euros de investimento. Ao longo dos últimos anos, o projecto foi superando difíceis etapas e procedimentos burocráticos, obtendo pareceres favoráveis de todos os organismos responsáveis pelo licenciamento ambiental e gestão territorial, nomeadamente a CCDR-LVT, as Infraestruturas de Portugal, o Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas e a Agência Portuguesa do Ambiente. Localizada na Quinta da Serra (junto ao IC2, na Benedita), a ALEB conta com uma área de 53,7 hectares dividida em 73 parcelas que se destinam à instalação de indústria, logística, armazenagem, comércio e serviços.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *