Brasileiros ‘descobrem’ novo mundo das apostas desportivas online

Por a 28 de Outubro de 2020

Se existe um País no qual o sector de apostas desportivas tem crescido bastante nos últimos anos, este é o Brasil. Até o final de 2018 – portanto há menos de dois anos – o país não tinha uma regulamentação específica para a actividade e a demanda permanecia represada, mas tudo mudou e no ano seguinte o universo de apostadores brasileiros já era um dos maiores do mundo.

Em 2019 mais de R$ 4 bilhões (cerca de 600 milhões de Euros) foram movimentados em lances online feitos no Brasil em casas de apostas nativas e estrangeiras.

A Betclic (sediada em Bordeaux, na França) e a portuguesa ESC Online, que atua no mundo online apenas desde 2016, são algumas das empresas do sector que estão a ampliar seus interesses no Brasil. O futebol brasileiro é dos mais competitivos e com maior potencial financeiro do mundo e a abertura do mercado aos bookmakers torna aquela Nação um excelente nicho.

Os brasileiros perderam o medo de apostar e a Série A do Campeonato Brasileiro é a competição preferida dos jogadores, seguido de torneios continentais como a Copa Libertadores da América e a Uefa Champions League. As casas de apostas também oferecem possibilidades de palpites em outros desportos como basquete, vólei, modalidades hípicas e muitos outros, tudo pela internet.

Actualmente os clientes se beneficiam das comodidades da tecnologia e podem fazer seus lances em quase todo lugar, incluindo uma avenida ou no interior de um autocarro, por exemplo. Basta a pessoa ter um telemóvel mesmo de modelo mais simples e internet de qualidade para jogar. A actividade pode ser muito divertida e assegurar ganhos interessantes.

No Brasil há um crescente número de pessoas que conseguem ganhar com as apostas desportivas bem mais que o salário mensal de um trabalhador, um dos mais baixos do mundo na actualidade. As empresas ainda oferecem bónus atraentes para os que se iniciam nas apostas e diversas opções para depósitos e saques dos valores movimentados em cada lance. Segundo a legislação brasileira de dezembro de 2018, para apostar pela internet a pessoa precisa ter no mínimo 18 anos de idade.

Assim, os brasileiros estão “descobrindo” as possibilidades de apostar no mundo virtual e o país sul-americano passa a ser um dos eldorados dos bookmakers em todo o mundo. Senhores, o jogo vai começar!

* conteúdo da exclusiva responsabilidade da V10 ADVERTISEMENT LIMITED

 

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *