Ombria Resort investe 2M€ num dos maiores sistemas de geotermia da Península Ibérica

Por a 14 de Setembro de 2020

O Ombria Resort está a investir na instalação de um dos maiores sistemas de geotermia da Península Ibérica. Orçado em dois milhões de euros, o projecto estará concluído em finais de 2021.

PUB

O sistema irá responder às necessidades de aquecimento e arrefecimento interior, à produção de águas quentes sanitárias e ao aquecimento da água das piscinas do empreendimento turístico. O Ombria Resort é composto por 65 apartamentos turísticos para venda (Viceroy Residences), restaurantes, centro de conferências, o Clubhouse do campo de golfe, Spa, entre outras infraestruturas. Dada a sua dimensão, “este é um projecto único e inovador no âmbito da utilização de bombas de calor geotérmico em Portugal”, garantem os responsáveis pelo empreendimento turístico localizado no sul do país.

“O pioneiro sistema geotérmico de baixa profundidade do resort utiliza a diferença entre a temperatura do ar e a temperatura estável do solo que, com a ajuda de bombas de calor reversíveis, geram energia renovável que é utilizada para controle climático de ambientes interiores (aquecimento no inverno, arrefecimento no verão), fornecimento de água quente e aquecimento de piscinas, ao longo de todo o ano, com segurança e responsabilidade. As vantagens desta energia com fonte renovável, limpa e disponível 24 horas por dia, são significativas: baixas emissões de CO2, é completamente livre de riscos para a comunidade e permite reduzir os custos de energia para os proprietários dos apartamentos Viceroy Residences”, refere o comunicado.

Este investimento enquadra-se nos desafios e metas europeias traçadas até 2030, que referem objectivos de aumento em 27% da eficiência energética e do consumo de energia com origem em fontes renováveis e uma redução em 40% dos gases com efeito de estufa.

As obras de construção da primeira fase do Ombria Resort, que representam um investimento de 100 milhões de euros, começaram em Dezembro de 2019 e estarão concluídas no início de 2022. A conclusão da instalação do sistema de geotermia estará concluído alguns meses antes.

Localizado a 7 km a norte de Loulé, o Ombria Resort tem por objectivo ser pioneiro de uma nova geração de resorts de baixa densidade de construção, em que a sustentabilidade, o meio ambiente e o apoio à natureza e património local são prioridades. A densidade total de construção do Ombria Resort é extremamente baixa – cerca de 3,5% numa área total de 153 hectares, o que o torna num dos empreendimentos com mais baixa densidade de construção na Europa.

Até 2030 o Grupo Pontos vai investir um total de 260 milhões de euros ao longo de 3 fases. Quando as 3 fases estiverem construídas, o Ombria Resort será composto por cerca de 380 propriedades, algumas das quais unidades turísticas (apartamentos, moradias geminadas ou em banda e moradias isoladas) e outras residenciais (moradias isoladas). Terá ainda um vasto conjunto de instalações de lazer e entretenimento, como campo de golfe de 18 buracos, área para agricultura biológica, apicultura, observatório astronómico, piscinas aquecidas, caminhos/trilhos para passeios pela natureza ou BTT e um clube de praia numa das praias próximas.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *