Smart Studios Carcavelos em operação

Por a 1 de Setembro de 2020

A residência de estudantes Smart Studios Carcavelos já entrou em operação, colocando à disposição do mercado de arrendamento 301 estúdios e espaços de co-living. Destinado a alunos, professores e jovens profissionais, numa premissa de “all inclusive”, a nova unidade da Smart Studios, liderada por Ricardo Kendall, coloca em marcha o ambicioso projecto de colocar no mercado mais de 2700 estúdios até 2025.

Num investimento de cerca de 20 milhões de euros, a nova residência de estudantes pretende dar resposta à elevada procura de alojamento não turístico, numa localidade que nos últimos anos viu o seu parque universitário disparar, com a abertura do Campus da Nova Schooll of Business and Economics, da Universidade Nova e da abertura dos cursos da NCI Academy (Nato Communications and Information Academy). Outros investimentos na área da educação irão avançar na região, fazendo de Carcavelos a “baía do conhecimento” e trazendo para esta localidade uma população de mais de 20 mil universitários.
Para além de responder a uma necessidade premente, o moderno edifício foi concebido de raiz para o modelo de negócio da Smart Studios, o qual tem por base um conceito híbrido de co-living, muito em linha com as mais recentes tendências internacionais, vocacionado para estudantes, professores e jovens profissionais
O edifício principal está dividido em sete pisos, dois dos quais para estacionamento subterrâneo. Com um total de 13.000m2 de área edificada, o projecto, da autoria do atelier Pereira Miguel Arquitectos, disponibiliza 301 estúdios e espaços de co-living com muitas áreas de estudos e também vários espaços de reuniões preparados para os estudantes, mas também para o staff da nova School of Business and Economic e da NCI Academy, aliás um dos trunfos do projecto que os seus responsáveis destacam é o enquadrado do empreendimento na envolvente urbana local, num contexto de tranquilidade e envolvimento com a realidade académica.

A industrialização na construção

A empreitada, da responsabilidade das empresas do dstgroup, contou com a aliança das mais variadas competências geridas dentro dos parâmetros da metodologia 5S, que permitiram a implementação eficiente de soluções de reengenharia fundamentais para dar cumprimento aos prazos dentro dos elevados padrões de qualidade projectados para este tipo de construção.
Para a execução deste projecto de nova geração, o dstgroup recorreu à ferramenta BIM – Building Information Modeling -, a qual permitiu a visualização tridimensional do edifício, auxiliando nas diversas decisões de projecto, comparação das várias alternativas de design e compatibilização de especialidades ocultas no habitual formato bidimensional. A ferramenta permitirá ainda auxiliar a gestão e manutenção do edifício, através da consulta dos materiais e equipamentos instalados no edifício, respondendo assim a uma otimização de tempo e utilização.

Um modelo único no país

Este modelo híbrido de estudantes e jovens profissionais é inovador e único em Portugal e, com ele, a Smart Studios pretende liderar o segmento de coliving a nível nacional, tendo em pipeline mais de 1500 novos estúdios em fase de construção/licenciamento, com conclusão prevista até 2025, num
total de mais de 2700 estúdios
Com a abertura do edifício de Carcavelos a Smart Studios fica a operar directamente 513
estúdios estando prevista a abertura, em Setembro deste ano, de mais um edifício em Santa
Apolónia com mais 114 unidades. Os novos projectos, já na calha, serão construídos de raiz em Lisboa (634 estúdios em dois edifícios na Alta de Lisboa, 268 no Areeiro e 310 na Ajuda) e estando já previstos outros 243para a cidade invicta.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *