Preços médios de arrendamento e venda caem em Julho

Por a 11 de Agosto de 2020

O preço médio de venda anunciado em Julho foi 341.089€, enquanto que em Junho tinha sido 359.207€, uma quebra de 1,7% que foi igualmente sentida no segmento do arrendamento, onde a quebra se situou nos 2,9%.

Os dados são do portal imobiliário Imovirtual e constam de uma análise à evolução dos preços médios de venda e arrendamento anunciados no Portal. Os dados agora partilhados referem-se ao comparativo do mês de Julho de 2020 com o mês de Junho do mesmo ano e o período homólogo de 2019 e permitem constatar que o distrito mais caro para comprar um imóvel em Portugal continua a ser Lisboa,
sendo que um imóvel custa 542.996€ (-1,7%).

Para além das conclusões apresentadas, importa referir que, no segmento de venda em Julho de 2020, os quatros distritos que se evidenciam pelos preços médios mais baixos foram Portalegre (114.483€), Castelo Branco (121.134€), Guarda (123.851€) e Beja (131.273€).

Por outro lado, no segmento do arrendamento em Julho, Lisboa continua a liderar o TOP de distritos mais caros com as rendas a chegarem, em média, aos 1.387€. No entanto, face ao mês anterior houve um decréscimo de -2,19% ao passar de 1.418€ para 1.387€. Dos restantes
distritos que compõem este TOP, à excepção da Região Autónoma da Madeira (+1,3%), os restantes distritos, nomeadamente Porto (-1,9%) e Faro (-7,7%), registaram quebras.

Se a comparação for feito com o período homólogo do ano passado (Julho de 2019), a realidade é algo diferente. No que respeita à venda de imóveis, regista-se uma subida de +5,1% ao passar-se de 324.281€ para 341.089€. Já no arrendamento, há um decréscimo -8,04% ao passar de 1.157€ em Julho de 2019 para 1.064€ em Julho de 2020.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *