Já são conhecidos os vencedores da 2ª edição do Prémio Arquétipo – Inovação N41º

Por a 6 de Agosto de 2020


Um toalheiro em cerâmica e uma solução de construção em pedra maciça  são os produtos  vencedores da segunda edição do Prémio Inovação N41º do Prémio Arquétipo, com o Prémio Inovação Arch-Valadares e Prémio Inovação Filstone, respectivamente, anunciou a Secção Regional Norte da Ordem dos Arquitectos (OASRN), entidade promotora da iniciativa.  As estes dois primeiros prémios juntou-se, ainda, uma menção honrosa atribuída a uma solução de revestimento de paredes e pavimentos feito em excedentes da extracção de rocha., também patrocinado pela Filstone.

Os prémios Arquétipo, que contam com o apoio do Ministério da Economia, “têm como objectivo
promover a aproximação entre a indústria da construção e os arquitectos, procurando ideias
com aplicabilidade directa no sector da construção”.

“Apesar do desenvolvimento das propostas ao Prémio Arquétipo – Inovação ter decorrido em
período de confinamento, devido à pandemia, o resultado desta edição demonstra a
persistência dos profissionais arquitectos em encontrar e reinventar soluções ou produtos para
o sector da construção”, salientou Conceição Melo, presidente da OASRN, entidade promotora
do galardão.

Os arquitectos José Cardoso, criador do toalheiro em cerâmica, e Jérémy Pernet,  da solução de
construção em alvenaria maciça,  receberam um prémio de 2.500 euros, e têm agora a possibilidade desenvolver e estudar o potencial de produção e adaptabilidade das suas soluções junto das equipas de I&D das empresas.

O Prémio Master, que inclui um prémio de 6000 euros e a criação de um protótipo da ideia escolhida, vai ser conhecido em Setembro, numa cerimónia que deverá contar com a presença do Ministro da Economia.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *