Expansão do Metro: Saiba quais são as empresas a concurso para a 2ª fase

Por a 10 de Julho de 2020

O Metropolitano de Lisboa encontra-se actualmente a avaliar as propostas entregues referentes à execução da empreitada de projecto e construção dos toscos respeitante à construção entre a Estação Santos e o término da Estação Cais do Sodré (lote 2). Não existe prazo para a análise e avaliação das propostas.

PUB

Entra elas constam a proposta do consórcio Mota Engil, em conjunto com a sucursal portuguesa da Spie Batignolles, pelo valor de 73.500.000,00 euros e 960 dias de prazo de execução; Ramalho Rosa/FCC Construcción, pelo montante de 77.310.000 e 988 dias de prazo de execução e a Sacyr Somague/DST/Sacyr Neopul, por 75.414.777,55 euros e 971 dias de prazo de execução.

Houve, ainda, uma quarta proposta, apresentada pela Zagope, pelo valor de 99.800.000,00 euros, contudo por se tratar de uma proposta acima do preço base, de acordo com os termos da legislação aplicável do Código dos Contratos Públicos – CCP, a mesma será obrigatoriamente excluída, informou o Metropolitano de Lisboa.

A “Execução da Empreitada de Projecto e Construção dos Toscos, no âmbito da concretização do Plano de Expansão do Metropolitano de Lisboa – Prolongamento das Linhas Amarela e Verde (Rato – Cais do Sodré)” é composta pelo Lote 1 – Execução dos toscos entre o término da Estação Rato e a Estação Santos, pelo Lote 2 – Execução dos toscos entre a Estação Santos e o término da Estação Cais do Sodré, e pelo Lote 3 – Construção dos toscos, acabamentos e sistemas, respeitante à construção de dois novos viadutos sobre a Rua Cipriano Dourado e sobre a Av. Padre Cruz, na zona do Campo Grande, prevendo a ampliação da estação do Campo Grande para Nascente.

Recorde-se que a Zagope, foi a empresa adjudicada para a construção do lote, cujo contrato foi assinado a 6 de Maio.

A expansão da rede do Metropolitano integra ainda o Lote 3, relativo à construção de dois novos viadutos sobre a Rua Cipriano Dourado e sobre a Av. Padre Cruz, na zona do Campo Grande, prevendo a ampliação da estação do Campo Grande para Nascente, cujo concurso se encontra em curso, estando a entrega das propostas prevista para 21 de Agosto de 2020.

O plano de expansão do Metropolitano de Lisboa tem como objectivo “contribuir para a melhoria da mobilidade na cidade de Lisboa, fomentando a acessibilidade e a conectividade em transporte público, promovendo a redução dos tempos de deslocação, a descarbonização e a mobilidade sustentável”.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *