Exportações de metal crescem

Por a 18 de Fevereiro de 2020


A indústria metalúrgica e metalomecânica bateu novo máximo de vendas para o exterior em 2019. Aquele que é o sector mais exportador da economia portuguesa, com cerca de 15 mil empresas, viu as suas vendas para o estrangeiro registarem um crescimento homólogo de 7%, totalizando cerca de 19. 590 milhões de euros a 31 de Dezembro de 2019.

O aumento registado pela Associação de Metalurgia e metalomecânica (AIMMAP) assentou na progressão positiva das vendas para os três principais destinos da produção industrial: Espanha (24%), Alemanha (11,2%) e França (4,9%).
Em sentido inverso, há a sublinhar o decréscimo de 0,2% das exportações para o Reino Unido e de 5,2% para os EUA, este último em resultado das políticas restritivas da administração norte-americana e às consequências da guerra comercial com a China.

Num sector que abarca múltiplos segmentos de actividade – das máquinas ao equipamento de transporte e aeronáutica, passando pela cutelaria, loiça, grua ou agulhas – a diversificação dos mercados foi o factor diferenciador e a resposta à flutuação dos clientes tradicionais. Neste campo assume particular relevância a aposta no Canadá cujas compras a Portugal totalizaram 347 milhões de euros, o que representou um crescimento homólogo de 291%.
Para a AIMMAP 2019 ficou ainda marcado pelo registo de cinco recordes mensais nas exportações do sector: Março, Setembro, Outubro e Novembro estão entre os 10 melhores de sempre e maio bateu todos os recordes com as exportações a alcançarem pela primeira vez num único mês 1.884 milhões de euros.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *