Novos hotéis em licenciamento superaram as 80 unidades em 2018

Por a 28 de Fevereiro de 2019


Em 2018 entraram em processo de licenciamento 81 novos projectos hoteleiros em Portugal, um número que se manteve estável face às 84 unidades que foram submetidas em 2017, apurou a Confidencial Imobiliário (Ci) no âmbito da análise ao Pipeline Imobiliário.

O número de novos projectos hoteleiros lançados em 2018 eleva a carteira de hotéis que entraram em licenciamento entre 2015 e 2018 para 256 unidades.

Nestes quatro anos, as Áreas Metropolitanas de Lisboa e Porto são os principais destinos de investimento em novos hotéis, com 35% e 25%, respectivamente, das unidades em carteira. O Centro e Norte representam 15% e 13%, respectivamente. Já o Algarve situa-se nos 7% e o Alentejo apenas 5%.

A nova oferta em carteira contabilizada em 2018 distribui-se por 37 concelhos, confirmando a crescente pulverização do turismo e do investimento hoteleiro. Lisboa e Porto mantêm-se, não obstante, como os principais destinos deste novo investimento, registando, respectivamente, 19 e 21 unidades em carteira no ano passado. Em 2018, além destas duas cidades, apenas Cascais (3), Coimbra (2) e Alcácer do Sal (2) apresentam um pipeline com mais de uma unidade a entrar em licenciamento.

Em termos de dimensão dos hotéis em pipeline, os dois maiores hotéis a entrar em processo de licenciamento em 2018 apresentam ambos uma área ligeiramente acima dos 15.000 m2 e situam-se em Grândola (Carvalhal) e em Gaia. Apenas outras três unidades têm uma área superior a 10.000 m2 (a maior das quais, com 11.500 m2), duas em Lisboa e a outra em Cascais. De resto, das unidades contabilizadas em 2018, 13 têm entre 5.000 e 10.000 m2, situando-se a maioria da oferta abaixo dos 5.000 m2, das quais mais de metade têm áreas inferiores a 2.000 m2.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *