John Campbell escolhe Dekton para cozinha do “The Woodspeen”

Por a 14 de Agosto de 2018


Localizada em Berkshire, Inglaterra, o projecto de renovação do “The Woodspeen”, que de pub local passou a restaurante e escola de cozinha do chef com estrela Michelin John Campbell, conta com a superfície Dekton Danae, na cozinha aberta que foi desenhada e concebida para “proporcionar uma experiência teatral aos seus clientes”, que podem assim “ver em primeira mão como são preparados os diferentes pratos”.

Depois de cerca de um ano de obras, o novo edifício mantém a estrutura do edifício original, mas com “uma grande ampliação das traseiras, que permitiu criar um espaço amplo e luminoso, com uma vista soberba para a paisagem local”, explica a Cosentino em comunicado de imprensa enviado ao CONSTRUIR.

O objectivo de Campbell foi “demarcar-se da excessiva sobriedade e simplicidade das bancadas de aço inoxidável das cozinhas tradicionais, criando um vínculo entre a cozinha e os clientes do restaurante”, refere a mesma fonte, garantindo que, “o design, a estética e a funcionalidade Dekton foram a resposta perfeita para esta pretensão”.

John Campbell comenta a obra: “As bancadas da cozinha de um restaurante estão expostas a utensílios bastante quentes, e precisávamos de um material que aguentasse este calor sem qualquer tipo de desgaste”. As características de Dekton convenceram Campbell de tal forma que, o chef acabou por optar por este material também para as cozinhas da sua escola de cozinha “The Woodspeen Cookery School”, mencionando a surpresa que foi quando percebeu que “ as bancadas do restaurante com três anos e meio mantém o mesmo aspecto que quando foram instaladas”.

“É um material bonito, agradável ao tacto, e que conta com uma série de funcionalidades fundamentais para o nosso trabalho”, esclarece. “Quando ensinamos os alunos a fazer pão por exemplo, podemos colocar a massa directamente na bancada, dado que se trata de uma superfície muito agradável ao tacto, suave e fácil de trabalhar”.

Situada a poucos metros do restaurante principal, a escola de cozinha está aberta tanto para chefs profissionais que participam nas mais diversas jornadas formativas, como para aficcionados do mundo da cozinha, que queiram marcar presença nos vários cursos que a escola organiza.

A Cosentino salienta ainda que, para as restantes bancadas e superfícies da escola de cozinha, foi seleccionada a superfície Dekton Trilium, da Colecção Industrial. “Foi uma escolha natural”, diz Campbell. “Em todo o restaurante e na escola de cozinha, predominam as madeiras naturais, cobre, bronze e ladrilho, e uma tonalidade como esta combina na perfeição com este tipo de visual”.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *