Dekton Industrial distinguida nos Architizer A+ Awards 2018

Por a 1 de Agosto de 2018

A Colecção Industrial de Dekton, uma das mais recentes novidades da superfície ultracompacta da Cosentino, venceu o prémio “Popular Choice” (votação do público) na edição de 2018 dos prémios Architizer A+ Awards. De acordo com o Grupo Cosentino, DeKauri by Daniel Germani, foi também um dos finalistas na categoria de Mobiliário Residencial.

Em nota de imprensa enviada ao CONSTRUIR, a Cosentino salienta que a distinção reforça o seu papel “enquanto líder no desenvolvimento de superfícies de alta qualidade, para o mundo da arquitectura e do design”.

Recorde-se que, a Colecção foi desenvolvida em parceria com Daniel Germani e “conjuga simplicidade e modernidade, através de uma estética pura, minimalista e arrojada, na qual materiais como o betão, o metal ou o tijolo são os grandes protagonistas”. A Cosentino sublinha ainda que, “para criar um design rico e variado, repleto de efeitos subtis, a colecção industrial tem um acabamento mate nunca visto”.

No mesmo documento enviado ao CONSTRUIR, a Cosentino reforça ainda que, “ao contrário dos materiais que compõem a colecção, Dekton Industrial é incrivelmente suave ao toque, e extremamente resistente ao impacto, a riscos, manchas, raios ultravioleta e choques de temperatura. O seu fantástico desempenho perante estes diferentes factores, fazem de Dekton a solução ideal para as mais diversas aplicações, tanto em interior como em exterior, bancadas, fachadas, revestimentos, pavimentos, escadas e muito mais”.

De acordo com a mesma fonte, esta colecção reforça o compromisso do Grupo com a sustentabilidade, assim como todos os seus “produtos tecnologicamente avançados, produzidos de forma sustentável e energeticamente eficiente”. O Grupo destaca ainda o investimento em  “Investigação e Desenvolvimento, que tornou possível reciclar 98% da água utilizada no fabrico dos seus produtos, contribuindo para manter o ar limpo, tornar os processos energéticos mais eficientes e fazer uma gestão adequada dos recursos hídricos”.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *