O adeus à 4ª Trienal de Arquitectura de Lisboa

Por a 6 de Janeiro de 2017

 

TrienalArquitetura_2013_grO remate de “The Form of Form”, a 4ª edição da Trienal de Lisboa que, segundo a organização, se pautou pelo sucesso e reconhecimento, acontece já nos próximos dias com um debate e três exposições.

Já no próximo sábado, 7 de Janeiro, na Garagem Sul do CCB, decorre o debate de encerramento da exposição nuclear “O Mundo nos Nossos Olhos”, que será moderado pelo co-curador-geral André Tavares e que conta com a participação do arquitecto paisagista João Gomes da Silva e do arquitecto e curador Paulo Moreira.

Sob o tema “Descrição é projecto”, a proposta é a de questionar o papel dos modelos de representação e descrição da cidade apresentados na exposição assim como o que podem oferecer as estratégias alternativas de pensamento e acção sobre a cidade e a paisagem contemporânea” A exposição ficará ainda patente até 15 de Janeiro.

No dia 9 de Janeiro, há ainda a possibilidade de visitar dois Projectos Associados: na Fundação Calouste Gulbenkian, “A Forma Chã”. Com curadoria de  Eliana Sousa Santos, esta exposição evoca o impacto da história da Arte no campo das práticas artísticas e arquitectónicas através da obra do historiador de arte George Kubler. No MAAT, permanence “O Mundo de Charles e Ray Eames”. Uma exposição que coloca lado a lado objectos famosos do atelier Eames, assim como protótipos experimentais e trabalhos raramente vistos em filme, fotografia e arquitectura.

Curador da Edição de 2019

Nota ainda para as candidaturas a Curador-geral da edição de 2019. Até 31 de Janeiro está a decorrer o convite à apresentação de Propostas Curatoriais para a 5ª edição da Trienal. Para o efeito, estão convocados autores nas áreas da Arquitectura, Curadoria, programação e crítica, portugueses e estrangeiros.

 

 

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *