Worx e Jones Lang LaSalle comercializam 50 Office em Lisboa

Por a 18 de Janeiro de 2012

A Worx e a Jones Lang LaSalle são as consultoras responsáveis, em co-exclusividade, pela comercialização do mais recente edifício de escritórios de Lisboa. O 50 Office, propriedade da Trilito e localizado na zona do Saldanha, em Lisboa, foi alvo de uma profunda reabilitação avaliada em 10 milhões de euros e que tanto implicou a área exterior como a área interior.

Segundo as empresas, a reabilitação do 50 Office destaca-se no actual panorama imobiliário como “um dos poucos investimentos na área da recuperação de edifícios no centro de Lisboa”.

O projecto de reabilitação esteve a cargo do arquitecto Frederico Valsassina, cuja preocupação foi dotar o 50 Office de conforto, funcionalidade e modernidade. De acordo com o próprio, “a linguagem arquitectónica proposta, assenta numa extrema sobriedade e simplicidade, que julgamos ser de grande simbiose com a envolvente e sua arquitectura. O acesso vertical foi mantido na localização existente, sendo introduzidos melhoramentos ao nível do conforto e da segurança através de portas de segurança e coluna seca. Quer a concepção arquitectónica dos edifícios, quer a escolha dos revestimentos, a preocupação em satisfazer as exigências de conforto tanto sobre o ponto de vista de Comportamento Térmico como do Acústico são evidenciados.”

A área bruta de construção do imóvel é de aproximadamente 3.517 m2: 2.410 m2 de escritórios repartidos por 7 pisos e, ainda, 418 m2 para comércio no piso 0. Ar condicionado a 4 tubos, pavimento com caixas técnicas, sistema multiparking e segurança são algumas das suas características.

Um dos pontos mais fortes do 50 Office é a sua centralidade. Localizado na Av. Casal Ribeiro, nº 50, junto à Praça Duque de Saldanha, este imóvel oferece grande visibilidade e prestígio às empresas, além de uma vasta gama de serviços na envolvente e acesso rápido aos principais eixos rodoviários e à ampla rede de transportes públicos.

Segundo José Lourenço Ferreira, gestor de Projecto pela Trilito, a reabilitação do 50 Office “consistiu na reformulação geral do imóvel a nível de todos os pavimentos, incluindo os pisos enterrados, proporcionando uma maior versatilidade dos espaços.

Estruturalmente e ao nível dos pisos superiores (áreas de escritórios) efectuaram-se os reforços necessários, utilizando-se basicamente uma estrutura metálica modulada, permitindo assim uma utilização dos espaços, em openspace.

De modo a proporcionar estacionamento automóvel projectado (com a instalação de um sistema semi-automático de estacionamento) houve a necessidade de rebaixar o piso da cave tendo-se, para tal, refundado as sapatas dos pilares isolados e, perifericamente conter as novas paredes de fundação com a execução de “muros Berlim”…”

De acordo com Mariana Seabra, directora de Office Agency da Jones Lang LaSalle, o 50 0ffice “distingue-se por ser um projecto único de reabilitação, numa zona prime da cidade de Lisboa, permitindo às empresas uma grande projecção.”

Já Pedro Salema Garção, head of agency da Worx, refere “que se trata de um imóvel com uma forte imagem corporativa e é, por isso, ideal para um só ocupante que, inclusivamente, procure um projecto chave na mão e uma relação valor-qualidade bastante competitiva.”

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *