Licenciamentos no Porto diminuiram 68% em 2009

Por a 31 de Maio de 2010

No âmbito dos protocolos estabelecidos entre a Confidencial Imobiliários (CI) e as autarquias do Porto, de Gaia e de Matosinhos, os dados CI/CM Porto demonstram que a actividade de licenciamento no concelho portuense contraiu cerca de 68% em 2009.

Neste município foram licenciados, no ano em estudo, 45 novos projectos, enquanto que, no ano anterior, foram 140 os projectos licenciados. Este conjunto totaliza os 696 fogos novos em 2009, dos quais 97% são apartamentos, sendo a redução, neste indicador, de apenas 14% relativamente a 2008.

De acordo com o comunicado da CI, quanto ao númeqro de obras realizadas em edificado, o número de licenças foi de 130 em 2009, o que, comparado com os dados do Instituto Nacional de Estatística , reflecte uma quebra de apenas 2% relativamente a 2008. Não considerando as moradias, 76% dos projectos de remodelação no concelho do Porto referem-se a edifícios com menos de 10 fogos.

Em Matosinhos também foi registada uma queda, desta feita, de 51% no número de fogos licenciados no ano transacto, enquanto que, em Gaia, a descida anual do volume de fogos licenciados foi de 70%, passando de 776, em 2008, para 122, em 2009. Esta quebra é explicada pela redução em 80% do número de novos edifícios com mais de 20 fogos, uma topologia dominante em 2008.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *