Sonae Sierra Brasil investe em Manaus

Por a 19 de Outubro de 2007

A capital da Amazónia é a escolhida para a implantação do nono projecto da Sonae Sierra no Brasil. Com um tema que respeita a fauna e a flora do local, vai receber um investimento de 70 milhões de eurosO Manauara Shopping é o décimo empreendimento da Sonae Sierra Brasil, e representa um investimento de 175 milhões de reais, cerca de 70 milhões de euros. Para a realização de 60% das obras de construção, a empresa portuguesa contratou a RD Engenharia, construtora com sede em Manaus. Uma contratação que António Sérgio Bianco, engenheiro da Sonae Sierra explica ser satisfatória. "Estamos satisfeitos com essa escolha, pois além da capacitação técnica da RD, analisamos ainda a responsabilidade da empresa, comprovada em certificações ambientais, de segurança e qualidade".

Ao todo, este empreendimento compreenderá um total de 140 mil metros quadrados de área construída e contará com sistemas de automação e supervisão predial de última geração, equipamentos de alta eficiência energética, grandes áreas envidraçadas para o melhor aproveitamento da luz natural e uso de energia solar no aquecimento da água de forma a reduzir o consumo de electricidade.

O shopping terá quatro pisos, 252 lojas, três restaurantes, dez âncoras, dez salas de cinema, 2700 lugares de estacionamento e abrangerá uma população de cerca 1,5 milhões de pessoas. O Manauara Shopping irá criar cerca de três mil empregos quando entrar em funcionamento, o que deverá acontecer na Primavera de 2009.

Fauna e flora como tema

O projecto idealizado pelo arquitecto José Quintela da Fonseca, responsável pelo Desenvolvimento Conceptual e Arquitectura da Sonae Sierra, utilizou como tema a fauna, a flora e o folclore da Amazónia, trazendo um conceito arquitectónico moderno, integrado na região onde será construído e que privilegia a luz natural, com janelas verticais e clarabóias. Além dos 140 mil metros quadrados de área construída, o volume desta obra inclui 46 mil metros cúbicos de betão e 3.700 toneladas de aço.

De acordo com o Chief Executive Officer (CEO) da Sonae Sierra Brasil, João Pessoa Jorge, a ideia do projecto consiste em "trazer a Natureza" para o interior do empreendimento. Existirá a "Praça da Alimentação", onde os visitantes terão uma visão privilegiada quando chegarem aos "decks" que irão rodear uma área verde com mais de três mil metros quadrados. Nesta zona foram preservados e replantados dezenas de ‘buritis' (uma das espécies de palmeiras brasileiras). Segundo o CEO, "os buritis ficarão no ‘coração' do Manauara Shopping e serão um dos seus principais atractivos".

"O Encontro das Águas dos Rios Negro e Solmões, uma das maiores atracções turísticas de Manaus, inspirou o logótipo do shopping", explica o responsável da Sonae Sierra Brasil. Este logótipo estará representado na cobertura deste empreendimento que foi considerada como a "quinta fachada". Foram desenvolvidos grafismos inspirados na floresta amazónica e alguns elementos de decoração como mobiliário, pisos, forros e iluminações, que terão acabamentos com cores e materiais característicos do artesanato da capital da Amazónia, enquanto que uma das fachadas terá a textura e as cores da cúpula do Teatro Amazonas.

"Sermos escolhidos por uma grande empresa como a Sonae Sierra Brasil para a realização desses serviços, vem confirmar a nossa credibilidade em âmbito nacional, que é baseada em seriedade e respeito", afirmou o presidente da RD Engenharia, Romero Reis. A obra já teve início e de entre os serviços, a RD será a responsável pela terraplanagem, fundações, estruturas de betão, alvenarias e pavimentação asfáltica com excepção da pavimentação, os outros serviços têm conclusão prevista para Maio de 2008.

Duas novas ruas

Ao nível das infra-estruturas o projecto inclui a construção de duas novas ruas, interligando duas das avenidas da cidade, alargando-as em mais duas faixas de rodagem. "Em cada uma dessas novas vias, que serão doadas ao município no final da obra, teremos ainda um viaduto de mais de 100 metros", explicou o engenheiro da Sonae Sierra. Sérgio Bianco realçou ainda que no processo de construção serão contratadas cerca de 700 pessoas, "são empregos directos, o que também representa 100% de mão-de-obra local".

O projecto inclui também uma estação de tratamento residual que prevê a reutilização da água, que será tratada em vasos sanitários na irrigação e no sistema de refrigeração. Existirá um sistema de captação e preservação de águas pluviais que serão reutilizadas nas redes de incêndio, irrigação e limpeza. As caixas de retenção evitarão que a impermeabilização do solo provoque impacto nas redes pluviais na área envolvente e em todas as etapas da obra será privilegiado o uso de material reciclado, explicam os responsáveis.

Durante a fase de edificação serão adoptadas soluções de construção e supervisão da obra com o objectivo de obter a certificação ISO 14001, à semelhança do que já foi atingido, pela primeira vez neste país, com a construção do Shopping Campo Limpo, desenvolvido pela Sonae Sierra Brasil, um projecto que foi inaugurado em 2006. A certificação foi também um dos motivos de escolha da empresa RD Engenharia, que além de um vasto portofoglio e de ser uma empresa regional, tem várias certificações, dentro destas a 14001.

O Construir perguntou à Sonae Sierra quais os seus objectivos com este projecto. Introduzindo, a empresa explicou que os seus sócios maioritários a Sonae Sierra e a Developers Realty (DDR), empresa Norte Americana, "quando formaram esta parceria em 2006, os dois sócios maioritários fixaram uma estratégia de crescimento e propuseram-se a investir 300 milhões de dólares, cerca de 212 milhões de euros, em aquisições e ou novos projectos", explicaram. Este novo centro comercial situado em Manaus enquadra-se na estratégia de crescimento da Sonae Sierra Brasil. "Recorde-se que, neste momento, a empresa conta com participações e administra nove shoppings em operação".

Os centros comerciais administrados pela empresa estão espalhados pelo Brasil, sendo que em São Paulo estão o Penha, o Plaza Sul, o Campo Limpo e o Boavista; em Brasília, o Pátio Brasil; em Franca, o Franca Shopping; em Santa Bárbara D'Oeste, o Tivoli Shopping; Em São Bernardo do Campo, o Shopping Metrópole e o Parque Dom Pedro Shopping em Campinas. Os empreendimentos da Sonae Sierra Brasil totalizam assim uma área bruta locável (ABL) de 312 mil metros quadrados, sendo que o Manauara Shopping acrescentará uma ABL de 43.616 metros quadrados aos já referidos.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *