SIL 2007 aposta no crescimento

Por a 19 de Outubro de 2007

O certame que este ano espera atingir os 30 mil visitantes na FIL do Parque das Nações, aumentou a sua área de exposições e vai contar com 325 expositores, mais 32 do que em 2006O Salão Imobiliário de Lisboa (SIL) decorre este ano entre 24 e 28 de Outubro na FIL, no Parque das Nações, num espaço com uma área bruta de 37 mil metros quadrados. Repartido pelo pavilhão multiusos e pelos pavilhões 2, 3 e 4, o certame deste ano espera atrair 30 mil visitantes. Pedro Seabra, director geral da CB Richard Ellis Portugal e vice-presidente executivo do certame, adiantou ao jornal Construir que "apesar de este momento, que eu diria ser o meio de um ciclo de crise, no SIL não sentimos isso, e portanto constatamos um contínuo crescimento e uma contínua presença de promotores com stands cada vez maiores, de várias empresas do sector e de várias áreas e também esperamos um aumento do número de visitantes".

De facto, o SIL 2007 terá uma área de exposições com 13 mil metros quadrados, número superior aos 11 mil correspondentes à área do ano transacto, e vai contar com a representação de profissionais distribuídos por 325 expositores. Na conferência de imprensa de apresentação do SIL 2007, de acordo com dados revelados pela comissão organizadora, o certame prevê aumentar em cerca de 12% o número de expositores relativamente a 2006.

Ao nível das novidades, Cabo Verde constitui-se como país convidado da edição deste ano do Salão Imobiliário. Com uma área de 288 metros quadrados, este espaço albergará cerca de uma dezena de empresas que vão apresentar os mais recentes e significativos projectos imobiliários e infra-estruturas desenvolvidas no país. Sandra Fragoso, gestora da Feira, declarou que "a apresentação de Cabo Verde num salão com esta temática é uma oportunidade única de captação de investimento privado internacional, uma vez que reunirá grande parte dos potenciais investidores e promotores imobiliários". A área internacional contará ainda com a participação do Brasil, EUA e Angola.

Outra novidade diz respeito ao espaço Casa Ideal 2007. Num espaço de 1500 metros quadrados, que corresponde à área de 13 assoalhadas, a Casa Ideal baseia-se no desenvolvimento de uma vila unifamiliar criada por módulos, isto é, uma casa que permite a sua montagem por fases. Desenhada pela dupla Alexandre Silva e Miguel Ribeiro de Sousa, a Casa Ideal contou com a colaboração de 19 decoradores de interiores que apresentaram as suas propostas decorativas para um quarto, uma casa de banho, sala de jantar, sala de estar, biblioteca, cozinha, zona de convidados, spa e lounge.

Paralelamente serão desenvolvidas diversas actividades no decorrer do certame. Entre elas incluem-se as conferências "IV Conferência do SIL" (dias 24 e 25) e a "III Conferência In Brasil" (dia 26), cuja participação implica o pagamento de 150 euros. Por outro lado, vai decorrer um Leilão Imobiliário. Organizado pela Euro Estates, o leilão terá 60 imóveis, entre apartamentos, moradias e lojas, e vai realizar-se no pavilhão multi-usos.

A comissão organizadora aproveitou ainda para adiantar que a próxima edição do certame se realizará de 25 a 29 de Junho, aproveitando o facto de ser a altura do verão e, por este facto, atrair com maior intensidade o segmento de turismo residencial.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *