Subida da procura de escritórios e aumento das rendas "prime" no primeiro semestre

Por a 8 de Outubro de 2007

O mercado de escritórios teve uma maior procura no primeiro semestre de 2007. Segundo o Boletim de Mercado de Escritórios, relativo ao primeiro semestre deste ano, da CB Richard Ellis (CBRE), a taxa de disponibilidade de escritórios desceu e o valor das rendas "prime" subiram devido à elevada procura registada neste mercado a par com uma diminuição no volume de imóveis concluídos.A melhoria da situação económica nacional, é outro dos pontos que a CBRE assinala para a melhoria da situação do sector. No final deste primeiro semestre, o stock de escritórios em Lisboa atingiu os 4.145.000 metros quadrados, sendo que foram concluídos 30.600 metros quadrados de novos espaços, registando uma ligeira diminuição no volume de imóveis concluídos. No entanto, estima-se que até ao final do ano fiquem concluídos mais 50.500 metros quadrados de nova construção, antevendo um stock final de 81.100 metros quadrados.

O elevado nível de absorção de escritórios no primeiro semestre, totalizou os 110.000 metros quadrados, representando uma subida de 40% na procura face ao semestre anterior. A procura de espaços de escritórios, a par com uma ligeira diminuição no volume de imóveis concluídos, contribuíram para uma descida da taxa de disponibilidade que ficou pelos 9,4%. A CBRE concluiu também que pela primeira vez desde 2003, o valor das rendas "prime" de escritórios subiu ligeiramente, sendo que agora ficam pelos €20,25/metros quadrados/mês.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *