Chamartín continua a apostar nos centros comerciais

Por a 2 de Outubro de 2007

O Chief Executive Officer (CEO) da Chamartín Imoliliária, Jaime Lopes, revelou que o objectivo da empresa é alcançar uma carteira de activos de 2.500 milhões de euros até 2010 e defendeu que existe uma necessidade de reformular o actual modelo dos centros comerciais.Numa entrevista ao jornal Público, Jaime Lopes revelou que os três projectos que a promotora pretende vencer são o do centro comercial em Leiria, um no Algarve e outro para a concessão do Mercado do Bolhão, no Porto. Para o último, revelou que o objectivo é "contribuir para a requalificação da Baixa do Porto", acrescentando que gostariam que este se tornasse "o ícone da cidade e fizesse parte do seu roteiro turístico".

Para a Chamartín o projecto apresentado para o centro comercial é "muito ambicioso". "Fomos buscar os melhores projectistas, os melhores consultores e os melhores especialistas em urbanismo e problemas de tráfego, isto porque Leiria tem um problema de tráfego enorme no centro da cidade", explica o CEO, realçando a importância que o concurso tem para a promotora. "Trabalhámos muitíssimo neste projecto e elaborámos quase 10 versões, antes de chegar à proposta final", e acaba por se tornar numa reconversão de toda a cidade de Leiria.

Relativamente à sustentabilidade energética, defende que nos centros comerciais Dolce Vita "tudo o que é eficiência energética e tratamento de resíduos será acautelado". Para Jaime Lopes, o futuro modelo de centros comerciais poderá passar por um serviço uniforme, à semelhança do El Corte Inglès, sendo que dessa forma há um maior controlo sobre os serviços.

Cerca de 70% dos 1.500 milhões de euros que a Chamartin tem em activos, "dizem respeito aos centros comerciais". No que toca ao sector residencial, afirma que "o mercado em Portugal tem estado bastante indefinido e a viver tempos de crise. A nossa ideia é estar no mercado de habitação, onde as oportunidades surjam".

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *