Chamartín apresentou índices de sustentabilidade

Por a 21 de Setembro de 2007

A Chamartín Imobiliária apresentou o segundo Relatório de Sustentabilidade de 2006. No que respeita ao sector imobiliário, o Chief Executive Officer (CEO) da Chamartín, Jaime Lopes, afirma que a consultora "tem vindo a definir a sua estratégia no sentido de responder pro-activamente aos desafios colocados que são a gestão de recursos naturais (energia e água), cadeia de valor, sociedade, segurança e saúde dos colaboradores".Com a obtenção da certificação ambiental ISO 14001 em vários dos seus centros comerciais Dolce Vita, existiu uma redução do consumo de energia e água, nos projectos. A formação desenvolvida em torno deste tema e o aumento do número de colaboradores e do investimento em apoio social das diversas vertentes, são alguns dos marcos de 2006.

Jaime Lopes refere ainda que a integração da sustentabilidade no modelo de governação, "faz parte das nossas ambições diárias", assim como, "a criação de um índice de sustentabilidade que nos permitirá, já a partir de 2007 medir o desempenho da organização num conjunto de variáveis chave nesta área".

Com base no lema "só o que é mensurável pode ser melhorado", a consultora procura medir e analisar todos os seus centros comerciais mensalmente, fazendo a análise dos consumos de todos os centros comerciais, de forma a reportar diferentes indicadores de eficiência.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *