Retorno de activos no Reino Unido superam investimentos

Por a 12 de Setembro de 2007

A IPD Regeneration Index revelou que ao longo dos últimos cinco anos, os retornos totais oferecidos por activos imobiliários integrados em áreas de reabilitação urbana no Reino Unido, superando a performance do investimento global em imobiliário daquele país. Neste período o retorno global anualizado de imobiliário integrado em áreas de reabilitação ascendeu a 16,7%. Uma boa prestação de activos em áreas alvo de regeneração que tem sido transversal a todos os segmentos de imobiliário terciário e habitacional.O retorno das rendas e a valorização do capital nas áreas de reabilitação têm estado em linha com as tendências registadas, sendo que nas áreas de reabilitação se tem vindo a assistir a um decréscimo progressivo do risco. Isto resulta dos níveis de volatilidade menores que o total do imobiliário medido pelo IPD UK, o índice anual do Reino Unido.

No sector do retalho, os armazéns e os centros comerciais em zonas de reabilitação registaram uma performance anualizada média a 3 anos, superior ao mesmo tipo de activos fora, com retornos de 20,3% e 17,3%, respectivamente. Nestas zonas, os centros comerciais protagonizaram a melhor prestação do índice, produzindo retornos totais superiores em 110 pontos base, por seu lado, o retalho standard entregou retornos em linha com a tendência nacional a longo prazo.

Os activos industriais nestas zonas tem vindo a fortalecer-se de forma consolidada e os retornos mais elevados foram entregues com menor grau de risco. Os escritórios registaram igualmente retornos mais elevados nas áreas de reabilitação urbana. Nos últimos três anos, os retornos anualizados dos escritórios em zonas de renovação urbana alcançaram os 18,2%.

PUB

Deixe aqui o seu comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *