Centro de Artes de Sines candidato a Mies van der Rohe

Por a 9 de Fevereiro de 2007

O edifício do Centro de Artes de Sines, da autoria dos arquitectos Manuel Aires Mateus e Francisco Aires Mateus, está entre os sete finalistas para o prémio da Arquitectura Contemporânea da União Europeia – Mies van der Rohe 2007. Para além do edifício localizado em Sines, os restantes seis nomeados são, o pólo universitário de gestão de Bordéus (França), o Centro Nacional Coreógrafo (França), o Centro da Ciência Phaeno (Alemanha), o Museu da Mercedes – Benz em Estugarda (Alemanha), o edifício Veles e Vents em Valência (Espanha), e o Musac – Museu de Arte Contemporânea de Castilla y León (Espanha). De acordo com o portal da União Europeia, o vencedor será conhecido em meados de Abril e a cerimónia de entrega irá ocorrer a 14 de Maio em Barcelona. Envolvendo um investimento de cerca de 8,2 milhões de euros, o Centro de Artes de Sines foi inaugurado em Agosto de 2005. O edifício que conta com a assinatura de Francisco e Manuel Aires Mateus, foi um dos vencedores do Prémio Enor 2006, já foi galardoado com o prémio AICA/MC (Associação Internacional de Críticos de Artes / Ministério da Cultura, e foi recentemente distinguido com o prémio de arquitectura alemão ContactAwards.

PUB