Concurso para barreiras de terra em Santarém

Por a 22 de Dezembro de 2006

Obras_vítimas

As barreiras de terra onde assenta a cidade de Santarém vão sofrer obras de consolidação devido à instabilidade e danos em edifícios que têm causado. O concurso foi anunciado pelo presidente da autarquia local, Francisco Moita Flores.

PUB

Segundo a agência Lusa, o projecto para as barreiras está orçado em 300 mil euros. O método vai passar inicialmente por operações de limpeza e drenagem e posteriormente por reforços de betão em profundidade para corrigir e consolidar os solos onde assenta a cidade.

As complexidades passam pelo facto de Santarém assentar num monte de calcário que apresenta várias fissuras e problemas de estabilidade, reforçados pela construção excessiva e pelo escorrimento das águas, que já têm originado aluimentos de terras.

A zona foi alvo de investigação por parte do Centro de Geotecnia do Instituto Superior Técnico, que chamou a atenção para elevados riscos de derrocada na região. Os técnicos monitorizaram a estabilidade das terras, concluindo que a movimentação do solo no interior do planalto chegava a atingir centímetros em poucos dias.

PUB