Câmara de Lisboa aprova desenho urbano para Marvila

Por a 24 de Novembro de 2006

tgv1

A Câmara Municipal de Lisboa aprovou na passada quarta-feira o desenho urbano para o loteamento previsto para as azinhagas das Salgadas, da Veiga e da Bruxa e para a Rua de Marvila, que corre o risco de ser inviabilizado pela construção do TGV e dos acessos para a terceira travessia do Tejo. Caso se verifique esta situação, o promotor poderá vir a exigir ao Estado uma indemnização superior a 60 milhões de euros.

Contactada pelo Construir, fonte da autarquia, afirmou que «só foi aprovado o desenho urbano para conseguir alvará». Salientando ainda que terá de dar entrada na câmara um pedido de urbanização do local e terá ainda de ser entregue um documento onde conste o acordo entre o promotor e a Refer, só assim será possível a emissão de alvará.

PUB