Cushman aliena conjunto de imóveis da Imopólis

Por a 23 de Novembro de 2006

A Cushman & Wakefield, consultora imobiliária, anunciou que foi mandatada pela Imopólis para a venda de um conjunto de imóveis que pertencem ao fundo de investimento imobiliário Imodesenvolvimento.

O negócio em regime de exclusividade com a Cushman inclui nove activos em localizações no centro de Lisboa, como a Rua de São Bento e Avenida 24 de Julho e em Linda-a-Velha, Oeiras, Quinta da Beloura e Alverca, os imóveis perfazem um total de 60 milhões de euros.

A alienação destes imóveis faz parte da estratégia da Imopólis «de se libertar de todos os activos de promoção de que é proprietário o Fundo Imodesenvolvimento», afirma em comunicado Manuel Mota, CEO da Imopólis.

Segundo fonte oficial da Cushman o intuito da Imopólis é libertar-se de todos os imóveis de promoção e «em vez de alienarem um imóvel de cada vez, apresentam o portfólio todo junto».

A Imopólis é uma sociedade gestora de Fundos Imobiliários criada em 1993 que actua na promoção imobiliária, gestão de activos e desenvolvimento e gestão de fundos imobiliários.

PUB