Mais cinco projectos turísticos com classificação PIN

Por a 21 de Novembro de 2006

A comissão de acompanhamento dos projectos de Potencial Interesse Nacional (PIN) atribuiu o estatuto PIN a mais cinco projectos turísticos que totalizam 1.119,63 milhões de euros.

O projecto que tem o orçamento mais avultado é o da Herdade do Pinheirinho, do grupo Pelicano, um investimento em Grândola que ascende aos 450 milhões de euros.

O empreendimento vai contar com dois hotéis de 150 e 180 quartos, três aldeamentos com 260 apartamentos e moradias e um campo de golfe de 27 buracos.

Os últimos projectos turísticos aprovados pela comissão de acompanhamento dos PIN foram o Amendoeira Golf Resort, em Silves, o Morgado da Lameira e o Palmares Resort, em Lagos, com investimentos na ordem dos 200 milhões de euros.

A lista mais recente fica fechada com os projectos Palácio da Valverde Resort, do Grupo Imocom e com o Baía da Meia Praia Resort, da Ossonoba

A Comissão de Avaliação e Acompanhamento dos PIN é coordenada pela Agência Portuguesa para o Investimento (API) e foi criada em 2005 com o intuito de dar celeridade às questões burocráticas e administrativas dos licenciamentos dos projectos.

PUB