Porto lança concurso para reconversão do Bolhão

Por a 30 de Junho de 2006

A Porto Vivo, Sociedade de Reabilitação Urbana (SRU), lançou no passado dia 17 de Junho um concurso público internacional para a reconversão e a entrega da exploração do mercado do Bolhão, no Porto, a privados. As propostas devem ser apresentadas até dia 29 de Setembro.

PUB

Os critérios de avaliação das propostas serão a qualidade técnica do projecto (40 por cento), a solução técnica-financeira (30 por cento), a solução proposta relativamente aos actuais comerciantes (15 por cento) e o prazo de vigência do contrato (15 por cento). Depois da apresentação das propostas, segue-se a fase de negociação com os dois concorrentes escolhidos.

O objectivo da Porto Vivo é proporcionar ao Bolhão, para além da componente tradicional, outras valências. Assim, irão concentrar-se no «terrado» a venda de produtos frescos em bancas amovíveis para permitir a realização de eventos à noite e, nos pisos superiores, a restauração, escritórios e lojas. A Porto Vivo coloca ainda a hipótese de se construir um piso intermédio.

Depois da conclusão das obras, o edifício continuará a ser propriedade da autarquia, estando prevista a cedência do direito de superfície, que pode ir de 20 a 50 anos.

PUB