CPTP termina obras de protecção costeira na Costa de Caparica e Cova do Vapor

Por a 29 de Junho de 2006

A Companhia Portuguesa de Trabalhos Portuários (CPTP), do grupo Mota-Engil, concluiu os trabalhos de protecção costeira nas praias da Costa da Caparica e da Cova do Vapor no final de Maio, cinco meses antes do final previsto da empreitada. O concurso foi lançado pelo Instituto da Água (INAG), prevendo um investimento que se situou em oito milhões e 200 mil euros, destinados à reabilitação de dez esporões, três deles localizados na Cova do Vapor e sete na Costa da Caparica, e 2700 metros de defesa. «As obras de reabilitação que a CPTP iniciou em Outubro de 2004 contribuem para a estabilização de um trecho da costa de grande interesse balnear e com uma frente urbana edificada susceptível de ser atingida pelas acções directas e indirectas do mar», avança a empresa em comunicado. Os trabalhos envolveram a aplicação de 625 mil toneladas de enrocamento de várias dimensões. Na reconstrução e reperfilamento das obras aderentes foram utilizados enrocamentos de 1 a 6 toneladas, nas obras respeitantes aos esporões, as dimensões variaram entre quatro e 12 toneladas.

PUB
PUB