Dívidas às construtoras ascendem aos 450 milhões de euros

Por a 24 de Agosto de 2005

Obras_Suplemento1

O endividamento das Administrações Públicas para com entidades públicas e privadas subiu, até Junho, cerca de 50 por cento, em comparação com o mesmo período de 2004, situando-se agora nos 3504 milhões de euros, sendo o sector da construção dos que mais é afectado pela situação.

PUB

A conclusão faz parte do boletim estatístico do Banco de Portugal de acordo com o qual, só da parte das autarquias, há um endividamento de 174 milhões de euros, um número três vezes maior do que o que havia sido verificado até Junho de 2004. Os valores podem no entanto ser bem mais elevados. De acordo com a edição de ontem do Diário Económico, a dívida pode ascender aos 870 milhões de euros, sendo que o sector da construção é dos mais penalizados. Os valores apurados por aquele diário, adiantam que a dívida às construtoras pode representar cerca de 450 milhões de euros.

PUB