Município de Mirandela investe 8 milhões de euros para construir ETAR’S

Por a 1 de Agosto de 2005

A Câmara Municipal de Mirandela vai iniciar, brevemente, a segunda fase das obras de construção de redes drenagem de águas residuais. O investimento neste sector ronda os oito milhões de euros, com o objectivo de cobrir o concelho, em quase cem por cento, com as infraestruturas necessárias nesta vertente.

PUB

Durante o mês de Agosto vão arrancar as obras em Pai Torto, Vilar d’Ouro, Casario, Chairos, Soutilha, Valongo das Meadas, Ferradosa, Vilares da Torre, Vale de Martinho, Vale de Lagoa, Vale de Madeiro, sendo que o processo de concurso para a Ribeirinha ainda está por finalizar.

Segundo comunicado do município, estas obras «são sempre complementadas pela instalação de ETAR’s compactas ou ETAR’s de fito depuração (usando plantas) garantindo assim o tratamento dos afluentes e a despoluição efectiva da bacia hidrográfica do Rio Tua».

Com a conclusão de todas as obras em curso o concelho de Mirandela ficará dotado de duas ETAR’S de leitos de percolação, 43 ETAR´s compactas de lamas activadas e nove ETAR’s de fito depuração.

PUB